segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Blogagem Coletiva “Abre Aspas Terceira Edição”




No dia 09 de novembro (uma segunda-feira – é claro) “abra aspas” no seu blog, escolhendo um poeta e uma poesia para deixar mais poética a blogosfera…



A MULHER DE LOT

A mulher de Lot, que o seguia, olhou
para trás e transformou-se numa estátua de sal.
Gênesis

E o homem justo seguiu o enviado de Deus,
alto e brilhante, pelas negras montanhas.
Mas a angústia falava bem alto à sua mulher:
"Ainda não é tarde demais; ainda dá tempo de olhar

as rubras torres da tua Sodoma natal,
a praça onde cantavas, o pátio onde fiavas,
as janelas vazias da casa elevada
onde destes filhos ao homem amado".

Ela olhou e — paralisada pela dor mortal —,
seus olhos nada mais puderam ver.
E converte-se o corpo em transparente sal
e os ágeis pés no chão enraizaram-se.

Quem há de chorar por essa mulher?
Não é insignificante demais para que a lamentem?
E, no entanto, meu coração nunca esquecerá
quem deu a própria vida por um único olhar.

Anna Akhmátova

(tradução de Lauro Machado Coelho)



Ana Akhmátova, pseudónimo de Ana Andreievna Gorenki nasceu nos arredores de Odessa em 1889 e faleceu nos arredores de Moscovo em 1966.

7 comentários:

  1. É o segundo poema dela que leio hoje. Delicioso isso. Grata pela sua participação.

    Ps. Estou fazendo uma lista com todos que participaram da postagem e já inclui seu link. Desculpe a demora em responder, mas tive problemas com sinal de net.

    Abraços meus

    ResponderExcluir
  2. Conheço pouco dos poetas russos. Este é de uma sensibilidade feminina incrível diante de um personagem estigmatizado como a mulher de Lot.

    ResponderExcluir
  3. uito bom o seu texo e participação amiga.
    Gostei muito.
    Aqui aprendemos muito um com o outro.


    Também estou nesta coletanea que fala de muito amor, alegria e vida.
    Venha conferi.
    Esta coletiva nos deixa muito feliz, pois traz conhecimento e e alegrias.
    Falar de amor e poetas e falar da vida.
    Valeu amiga.
    http://sandrarandrade7.blogspot.com/

    Te espero lá
    Sandra

    ResponderExcluir
  4. A amiga Sandra estava tão preocupada em fazer propaganda que nem se ateve a mudar o gênero na mensagem. Será que ela leu mesmo o poema.

    ResponderExcluir
  5. Esta blogagem a cada leiitura que faço me surpreendo.
    beijitos.Bom final de semana

    ResponderExcluir
  6. Magistral.
    Coisa de fotógrafo!
    Eu, nheim?
    A vida está cada vez um detalhe apenas.
    E eu o que tenho com isso?
    Nada.
    Simplesmente, nada.
    Estou me cancelando.
    Estou te contemplando.
    Estou nos complementando.
    Estou vivo,
    Aqui,
    apenas vivo.
    Abço
    Anna de Odessa ou de Moscovo, sei lá que é arredores!
    Chris Clown

    ResponderExcluir
  7. Arredores é o mesmo que circunvizinhanças.

    ResponderExcluir